Uma breve história sobre a camiseta


A trilha do surgimento da camiseta remonta a antiguidade. Nesta era, os romanos vestiam, por baixo de suas túnicas e armaduras, uma versão desta peça em linho com o intuito de fornecer uma proteção térmica e sensorial contra as peças utilizadas do dia a dia.

Ilustração de trajes romanos do século IV

A ideia funcionava bem e, de quebra, permitia que as peças usadas sobrepostas a camisia (seu nome em latin) não precisassem de lavagem constante, o que foi bastante útil na era bizantina, onde as vestimentas eram ricamente bordadas com fios de ouro, prata e pedras preciosas. 

Mosaico bizantino – Imperatriz Teodora, século VI

Mosaico bizantino – Imperador Justiniano, século VI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Existem fotografias a comprovar que a camiseta popularizou-se por volta de 1910 e, em 1942, a revista Life publicou, em sua capa, um soldado vestindo uma camiseta da escola militar de aviação norte-americana.

Talvez neste momento as camisetas deixaram de ser artigo *underwear para tornarem-se artigos **outerwear.

 Anos 1951-1955

Quando estrelou o filme “Um Bonde Chamado Desejo” em 1951, Marlon Brando – que aparece em cena frequentemente vestido com apenas uma camiseta e calça jeans – imantou a esta peça seu próprio sex appeal, e, com isso, transformou seu status de item básico e comum para um status másculo e provocativo.

Marlon Brando

Foto divulgação do filme “Um Bonde Chamado Desejo”

James Dean, após estrelar o filme “Juventude Transviada” em 1955, alça o status da peça a uma rebeldia máxima, muito provavelmente embalada pelo viés do filme, tido como transgressor a sua época.

James Dean em cena do filme “Juventude Transviada”

Anos 1960-1970

Usada por diversos grupos como forma de comunicação, a camiseta transmitia mensagens escritas que representavam grupos políticos, hippies e punks. Nesta epóca, as mulheres passaram a vestir camisetas, tornando-as peças unissex.

Ainda nesta época, surgiram as camisetas de bandas. 

À esquerda, camiseta “Rolling Stones”. À direita, “Grateful Dead”

Anos 1980

Katharine Hamnett cria, em 1983, uma camiseta com o intuito de alertar contra o abuso de drogas e suicídios cometidos no Estados Unidos da América e seu uso difunde-se.

À esquerda, grupo Wham!, à direita, Katharine Hamnett.

Anos 1990

Surge a logomania.

Levi’s vintage

Hard Rock Cafe

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anos 2000

A camiseta vira item necessário para compor o visual hi-lo*** que emergiu e consolidou-se no street style.

*Underwear = roupa de baixo, em inglês.

**Outerwear = roupa de uso exterior, em inglês.

*** Abreviação de high and low = é o ato de misturar peças de vestuário mais caras e peças mais baratas em uma mesma combinação.

Pesquisa de imagens: Internet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.